Home > DESTAQUES > Rejeição ao governo Bolsonaro cai ao menor nível desde abril de 2019

Rejeição ao governo Bolsonaro cai ao menor nível desde abril de 2019

A reprovação ao governo de Jair Bolsonaro recuou agora em outubro de 2020 ao menor nível desde abril de 2019, de acordo com pesquisa da XP, em parceria com o Ipespe (Instituto de pesquisas sociais, políticas e econômicas), divulgada nesta quinta-feira (15).

Hoje, 31% dos entrevistados consideram a gestão “ruim” ou “péssima”, o menor patamar desde os 26% registrados em abril do ano passado. Por outro lado, 39% consideram a administração federal “ótima” ou “boa” e 28% a julgam “regular”. Outros 2% não souberam ou não responderam.

Ao todo, o instituto fez 1.000 entrevistas pelo telefone, entre os dias 8 e 11 de outubro, com eleitores de todo o Brasil. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A expectativa para o restante do mandato, que termina em 2022, é que será “ótima” ou “boa” para 39% dos respondentes. Outros 32% preveem anos “ruins” ou “péssimos” da atual gestão, e 26% esperam um governo “regular” até 2022. Neste recorte, 4% não responderam ou não souberam.

Auxílio Emergencial

O levantamento também mostrou uma boa maioria dos entrevistados, 68%, a favor da manutenção do auxílio emergencial no começo de 2021, caso não seja possível implementar o programa de distribuição Renda Cidadã.

A decisão do presidente de manter o auxílio até o fim de 2020, mas em valor menor, foi considerada “ótima” ou “boa” por 45% dos entrevistados (eram 47% em setembro), e “ruim” ou “péssima” por 28% deles (em setembro, eram 25%). Os que a consideram “regular” mantiveram o patamar de 24%.

Questionados se o governo deve estender o auxílio emergencial “por alguns meses” de 2021, caso não consiga aprovar no Congresso a criação do Renda Cidadã para que tenha validade no próximo ano, 68% responderam “sim”, enquanto 27% disseram “não” e 4% não souberam ou não responderam.

Covid e Economia

A avaliação da atuação de Bolsonaro no combate à crise do coronavírus também passou por tendência semelhante à registrada sobre a administração em geral.

A avaliação negativa oscilou para baixo novamente, movimento percebido desde maio. Ela é vista como “ruim” ou “péssima” por 47% dos entrevistados, contra 49% em setembro. A avaliação positiva variou para cima de 28%, em setembro, para 30% em outubro.

Quando o assunto é economia, 47% avaliaram que ela está no “caminho errado”. Em setembro, eram 48%. Para 39% ela está “no caminho certo”, contra 38% no mês anterior. E 13% não souberam ou não responderam, mesmo número apontado na pesquisa passada.

FONTE: R7

Sobre Wagner Oleiro

Radialista desde 93 trabalhou nas principais AMs e FMs do Recife. Começou na carreira logo cedo acompanhando seu pai Cláudio Monfrin que também é radialista (aposentado) nos programas que apresentava. Mas foi como sonoplasta que Wagner Oleiro começou sua carreira aos 16 anos de idade e foi com 19 anos que ele se profissionalisou como radialista na função de locutor, apresentador e animador. Em 2013 ele avança na comunicação indo trabalhar como repórter num canal de televisão no Mato Grosso. Atualmente Wagner Oleiro apresenta uma programação jornalistica nas manhãs da Rádio MAIS FM 104,7 e exerce a função de jornalista nesse portal.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

ROBERTO FERRAZ PARTICIPA DE ENTREVISTAS E APRESENTA PLANO DE GOVERNO:

Foram duas entrevistas que o candidato do PRTB para a Prefeitura de Camaragibe participou na terça (21) e quarta (22). ...

Pular para a barra de ferramentas