Home > Em convenção, Coronel Alberto Feitosa diz que vai cuidar do Recife e vai fincar a bandeira do Brasil no teto da Prefeitura

Em convenção, Coronel Alberto Feitosa diz que vai cuidar do Recife e vai fincar a bandeira do Brasil no teto da Prefeitura

O resgate do sentimento de orgulho do recifense por viver na cidade e o combate à corrupção pautaram a convenção da coligação Recife Verde Amarelo, que oficializou as candidaturas do Coronel Alberto Feitosa a prefeito do Recife e do Pastor Wellington Carneiro, indicado pelo Patriota, a vice-prefeito. A solenidade também confirmou as postulações para vereadores do PSC e do DC. A coligação conta com os partidos PSC, Patriota e Democracia Cristã (DC). Participaram da solenidade André Ferreira, Fred Ferreira e Renato Antunes (PSC); Pastor Eurico e Josibias Domingues (Patriota); e Henrique Farias e José Maria (DC).

O salão da Faculdade Alpha foi decorado com as cores verde e amarelo, uma referência ao alinhamento com o presidente Jair Bolsonaro, com patriotismo exaltado por Feitosa durante toda a pré-campanha e também à plataforma de governo proposta, o Recife Verde Amarelo. O Hino Nacional foi executado na solenidade.

O deputado federal André Ferreira, presidente estadual do PSC, falou sobre a convocação e o apoio ao Coronal Alberto Feitosa para a disputa da Prefeitura do Recife. “Eu não tenho dúvida que o Coronel Alberto Feitosa vai ser o futuro prefeito da nossa cidade. O povo do Recife quer mudança e um candidato de direita e você é o único candidato que representa essa bandeira”. Para o presidente do Patriota de Pernambuco, o deputado federal Pastor Eurico, a coligação Recife Verde Amarelo representa o palanque da mudança. “Esse não é o palanque das falcatruas, das mentiras, do jogo sujo. Aqui está o palanque da dignidade, seriedade, competência, honestidade e pessoas voltadas ao bem que vão fazer um belo trabalho pelo Recife”.

Candidato a vice-prefeito, o pastor Wellington Carneiro (Patriota), afirmou que o Recife precisa de pessoas que assumam a responsabilidade pela cidade. “Nós vamos assumir a paternidade do Recife e ter cada recifense como nosso filho. Vamos restaurar a cidade tendo como alicerce os princípios cristãos, com ligação forte com o Governo Bolsonaro. Essa é uma chapa vitoriosa e vamos lutar para fazer de Recife uma cidade modelo para o nosso Brasil”.

Em seu discurso, o pré-candidato falou sobre o abandono do Recife, afirmando que por se deparar diariamente com tantos problemas, decidiu ser candidato a prefeito “Eu sou recifense e amo minha cidade. É inadmissível ver a cidade largada como está. Lixo em cada esquina, esgoto a céu aberto, a cidade das lonas pretas, da indústria da multa, dos ônibus lotados, da insegurança e do desrespeito à população. Esse é retrato de quem não tem carinho com a população”.

Com um discurso claro de combate à corrupção, o Coronel Alberto Feitosa falou sobre as visitas da Polícia Federal à sede do governo municipal e afirmou que a atual gestão precisa ser varrida do Recife. “Faremos uma gestão com transparência, com liderança, junto do povo e com coragem. Vamos enfrentar e vencer tudo isso juntos, eu, o Pastor Wellington e as lideranças políticas que estão caminhando conosco. Vamos cuidar e ouvir as pessoas para resolver os problemas!”.

O pré-candidato afirmou que, sendo eleito, irá procurar o presidente Jair Bolsonaro no dia seguinte ao pleito eleitoral em busca de captar recursos para destravar obras e cuidar do Recife. Feitosa voltou a dizer que irá varrer a esquerda da cidade. “Vamos varrer a esquerda e a cor vermelha da nossa cidade. A vitória é daqueles que sabem lutar. A nossa cor é verde e amarela e vamos fincar a bandeira do Brasil no teto da prefeitura do Recife. Vamos juntos devolver a cidadania e a dignidade ao povo recifense!”.

 

QUEM É O CORONEL ALBERTO FEITOSA?

Coronel da Polícia Militar de Pernambuco, Alberto Feitosa é pós-graduado em Empreendedorismo e Gestão de Negócios pela UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco). Serviu no Batalhão de Choque, com

andou a Companhia de Carpina, o 1º Esquadrão da Cavalaria e a Companhia Independente de Cabrobó. Chefiou ainda o Centro de Assistência Social (CAS) onde, com muito trabalho e uma equipe dedicada, a família militar teve a oportunidade de receber moradias, o Hospital da PM ganhou equipamentos para fisioterapia, a Casa de Trânsito foi reaberta, dois caminhões foram disponibilizados para apoio a mudanças, um ônibus para o transporte e uma ambulância foi adquirida para cada batalhão do estado.

Como pernambucano, nascido no Recife, e percebendo que a Polícia Militar precisava de um representante junto à sociedade, Feitosa inicia sua carreira política com sua primeira candidatura a Deputado Federal em 1998. Ampliando seu trabalho e compromisso em defesa dos interesses de todos os pernambucanos, hoje, exerce seu quarto mandato como Deputado Estadual pelo Partido Social Cristão (PSC) e é vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE).

Segurança pública, saúde, desenvolvimento econômico, educação, família, meio ambiente, cultura e turismo são pautas prioritárias nas ações do deputado, que coordena a Frente Parlamentar de Orçamentos e presidiu a Comissão Especial de Proposições para a Segurança Pública, que, entre outras ações importantes, ouvindo especialistas na área, produziu um documento com sugestões que foram enviadas ao Ministério da Justiça. É autor de leis, como a de Combate ao Bullying nas Escolas; Lei Seca Dentro dos Estádios; de Regulamentação para a realização de Shows e Eventos; de Mobilização Contra o Aquecimento Global e de Concessão de Meia Passagem, que tem impactos importantes e reais na vida das pessoas. Está à frente de outras iniciativas, como a Lei que altera o Dia dos Avós para o terceiro domingo de julho e tem como objetivo alavancar a economia com a possibilidade das famílias se confraternizarem, a exemplo de datas já existentes como o dia das mães e dia dos pais; e as leis que tornam Galo de Madrugada, Fazenda Nova e a Paixão de Cristo Patrimônios Materiais e Imateriais do Estado e garantem a inclusão dos eventos no calendário turístico do Estado, fomentando o Turismo como um negócio gerador de trabalho e renda.

Gestor experiente e com histórico de resultados reconhecidos nacionalmente, foi responsável pela construção do novo Aeroporto Internacional do Recife, uma das maiores e mais importantes obras do Estado, recebedora do Prêmio Aeroporto +Brasil e propulsora de geração de emprego e renda até hoje.

Eleito o melhor secretário Estadual de Turismo do Brasil em 2012, pela revista Brasil Travel News, Feitosa alçou Pernambuco ao primeiro lugar no ranking do turismo no Nordeste, com ações modernas e criativas de divulgação do destino no país e no exterior. Com o seu trabalho, atraiu vôos, capacitou profissionais da cadeia produtiva da atividade do turismo e realizou obras de acesso e sinalização aos equipamentos turísticos em todo o Estado, proporcionando desenvolvimento da vocação turística das regiões e interiorizando o turismo. Outro destaque da gestão foram as ações voltadas a acessibilidade, a exemplo do projeto Praia Sem Barreiras, que proporcionou inclusão através do banho de mar, do guia turístico em braile, entre outros.

Com a entrega de mais de mil moradias, obras de saneamento integrado em ruas do Recife, construção e requalificação de praças e a transformação de pontos de acúmulo de lixo em áreas de convivência, a gestão de Feitosa na Secretaria de Saneamento possibilitou uma vida mais digna para milhares de pessoas. Outra obra importante realizada durante a sua passagem pela pasta foi a construção de 5 km de uma via marginal, que liga o bairro de Campina do Barreto à Peixinhos, com sistema de saneamento,  drenagem, iluminação e uma ciclovia com pista de Cooper. O serviço estava paralisado há anos e foi retomado por Feitosa em articulação com o Governo Federal, que mudou a paisagem e a vida dos moradores que sofriam com as enchentes do Rio Beberibe.

Ações de capacitação e educação sanitária ambiental foram realizadas em parceria com escolas, associações de bairros e instituições. Com um projeto piloto, envolvendo a comunidade do bairro da Mustardinha, identificado por um mascote que teve seu nome eleito pelas crianças, o Mustardeco, foram realizadas ações lúdicas e práticas como peças teatrais, oficinas, mutirão de coleta de material reciclado e de conscientização. Através dessa iniciativa, foi possível diminuir naquele bairro o número de doenças arboviróticas (Dengue, Zika e Chikungunya) de 4.612 casos confirmados no ano de 2016, para 202 em 2017, mostrando a possibilidade de se obter resultados reais com ações planejadas, estratégicas e inteligentes.

Colaborou para essa matéria:

Letícia Feitosa

Assessoria de Comunicação

 

Sobre Wagner Oleiro

Radialista desde 93 trabalhou nas principais AMs e FMs do Recife. Começou na carreira logo cedo acompanhando seu pai Cláudio Monfrin que também é radialista (aposentado) nos programas que apresentava. Mas foi como sonoplasta que Wagner Oleiro começou sua carreira aos 16 anos de idade e foi com 19 anos que ele se profissionalisou como radialista na função de locutor, apresentador e animador. Em 2013 ele avança na comunicação indo trabalhar como repórter num canal de televisão no Mato Grosso. Atualmente Wagner Oleiro apresenta uma programação jornalistica nas manhãs da Rádio MAIS FM 104,7 e exerce a função de jornalista nesse portal.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Pelé, 80 anos: em Pernambuco, Rei do Futebol fez história dentro e fora das quatro linha

“É um gênio indubitável! Pelé podia virar-se para Michelangelo, Homero ou Dante e cumprimentá-los com íntima efusão: ‘Como vai, colega?’”, ...

Pular para a barra de ferramentas