Home > Esportes > Do amadorismo ao primeiro título estadual do interior: a história meteórica do Salgueiro

Do amadorismo ao primeiro título estadual do interior: a história meteórica do Salgueiro

Um clube fundado há 48 anos, mas que se profissionalizou há apenas 15 e desde então vem em um crescimento vertiginoso. Uma ascensão meteórica, que neste histórico 5 de agosto de 2020 chegou ao seu ponto mais alto. Em sua terceira final de campeonato, em um intervalo de seis edições, o Salgueiro Atlético Clube finalmente dá ao interior o seu primeiro título de campeão pernambucano, se colocando assim definitivamente como o maior clube do estado fora da capital. Uma caminhada pavimentada degrau a degrau. Mas que não deve parar. Afinal, o Carcará tem fome.

O título conquistado no Arruda foi o ponto mais importante de uma sequência de feitos obtidos desde que o clube decidiu deixar de disputar apenas competições amadoras. Já em 2005 veio o acesso à elite do futebol estadual, com o vice campeonato da Série A2. No mesmo ano, a primeira taça. A Copa Pernambuco, conquistada sobre o Sport.
Porém, como todo debutante, o Salgueiro sofreu em seu primeiro ano entre os grandes e acabou rebaixado, retornando já em 2008 após conquistar a Série A2 de 2007. A partir daí, o Carcará sempre se fez presente na Primeira Divisão de Pernambuco, passando a alçar voos também fora do estado.
Já em 2008, após o quarto lugar no Estadual, o clube participou pela primeira vez da Série C do Brasileiro, com direito a ajudar a rebaixar o Santa Cruz para a Série D. Porém, o grande feito veio em 2010. Em uma partida histórica contra o Paysandu, no estádio da Curuzu, o time sertanejo venceu por 3 a 2, calou mais de 15 mil torcedores e chegou pela primeira vez à Série B. Era o Salgueiro entre os 40 maiores do futebol nacional.
Porém, no Brasileiro, o clube sertanejo não pôde jogar em sua casa. Com o Cornélio de Barros passando por reformas para aumento da capacidade, o time precisou fazer todos os seus jogos no estádio Ademir Cunha, em Paulista, região metropolitana do Recife e distante 528 quilômetros de Salgueiro. Longe do seu ninho, o Carcará foi rebaixado.
Em 2018, novo rebaixamento, dessa vez para a Série D, de onde o clube buscará sair este ano. Mas a história continuou a ser escrita positivamente. Com um centro de treinamento em construção, o Salgueiro passou a ser figurinha carimbada entre os melhores do Pernambucano, desde que a competição passou a contar com semifinais, em 2010.
Foram sete vezes entre os quatro primeiros colocados. Com isso, no próximo ano, o Carcará irá disputar a sua sexta edição de Copa do Nordeste, assim como a sua sexta Copa do Brasil. E agora, carregando no uniforme o orgulho de ser campeão pernambucano de 2020. Para sempre, o primeiro do interior.
FONTE: Diário de Pernambuco.

Sobre Oleirojornalista

Radialista desde 93 trabalhou nas principais AMs e FMs do Recife. Começou na carreira logo cedo acompanhando seu pai Cláudio Monfrin que também é radialista (aposentado) nos programas que apresentava. Mas foi como sonoplasta que Wagner Oleiro começou sua carreira aos 16 anos de idade e foi com 19 anos que ele se profissionalisou como radialista na função de locutor, apresentador e animador. Em 2013 ele avança na comunicação indo trabalhar como repórter num canal de televisão no Mato Grosso. Atualmente Wagner Oleiro apresenta uma programação jornalistica nas manhãs da Rádio MAIS FM 104,7 e exerce a função de jornalista nesse portal.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Flamengo vira, bate Goiás e alcança o Atlético-MG na ponta

O Flamengo sofreu, mas venceu mais uma. Com um gol de Pedro já nos acréscimos do segundo tempo, o Rubro-Negro ...

Pular para a barra de ferramentas