Home > Dias Toffoli autoriza volta de Júnior Matuto, que promete readmitir comissionados afastados.

Dias Toffoli autoriza volta de Júnior Matuto, que promete readmitir comissionados afastados.

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), emitiu na última quinta-feira (6) uma decisão autorizando Júnior Matuto (PSB) a retornar ao cargo de prefeito de Paulista, no Grande Recife. Matuto, que estava afastado da Prefeitura de Paulista desde o dia 21 de julho, afirmou que na segunda-feira (10), ao voltar para o cargo, o primeiro ato de seu retorno é readmitir os secretários e servidores comissionados afastados pelo prefeito interino, o vice Jorge Carreiro (PV).

Segunda-feira, o primeiro ‘bom dia’ que vou fazer é chamar esse povo de volta. Ele (Jorge Carreiro) não avaliou função. Ele estava com muita sede. Meteu a caneta em todo mundo e o caos foi instalado na cidade”, disse Matuto. Ele e o vice, Jorge Carreiro, são rompidos politicamente desde 2017.
Segundo a decisão de Toffoli, o afastamento de Matuto do cargo por 180 dias configurava punição antecipada de processo que não transitou em julgado. O ministro também argumentou que a punição não se justificaria, porque não teria sido demonstrado que Junior Matuto poderia reincidir nos supostos delitos que cometera de 2013 a 2017.
“Depreende-se, assim, excepcional risco de grave violação à ordem pública, frente ao risco potencial de que o requerente seja mantido afastado do cargo para o qual foi eleito até o fim do mandato, já que deferida a medida acauteladora, em ambos os feitos, por prazos que vão além do termo final de seu mandato, o que caracteriza evidente antecipação dos desdobramentos de um suposto juízo condenatório”, diz a decisão de Dias Toffoli. Por ser uma decisão liminar, o efeito dela é imediato. Júnior Matuto tem volta prevista para a próxima segunda-feira (10).
O prefeito de Paulista comemorou a decisão. Em suas redes sociais, publicou: “O que está predestinado por Deus, o homem não destrói. Retorno à luta, agora ao lado das pessoas certas. Quem acredita na justiça divina, confia que a justiça dos homens chega. Ela chegou, sacudindo o nosso povo, para trabalhar com mais garra, mais força, mais determinação, por nossa gente e por nossa cidade. O bem, mal nenhum destrói”
A equipe de Jorge Carreiro afirmou que o vice está reunido com seus secretários e que, em breve, emitirá nota se pronunciando sobre a decisão judicial.
FONTE: Diário de Pernambuco.

Sobre Wagner Oleiro

Radialista desde 93 trabalhou nas principais AMs e FMs do Recife. Começou na carreira logo cedo acompanhando seu pai Cláudio Monfrin que também é radialista (aposentado) nos programas que apresentava. Mas foi como sonoplasta que Wagner Oleiro começou sua carreira aos 16 anos de idade e foi com 19 anos que ele se profissionalisou como radialista na função de locutor, apresentador e animador. Em 2013 ele avança na comunicação indo trabalhar como repórter num canal de televisão no Mato Grosso. Atualmente Wagner Oleiro apresenta uma programação jornalistica nas manhãs da Rádio MAIS FM 104,7 e exerce a função de jornalista nesse portal.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Recadastramento de aposentados está suspenso até 30 de novembro

A exigência da prova de vida anual de servidores aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis está suspensa até o dia ...

Pular para a barra de ferramentas