Home > DESTAQUES > Datafolha: João Campos, 26%; Marília, 17%; Mendonça Filho, 16% e Patrícia, 10%

Datafolha: João Campos, 26%; Marília, 17%; Mendonça Filho, 16% e Patrícia, 10%

De acordo com a mais recente pesquisa do Datafolha, nesta quinta-feira (8), o candidato a prefeito do PSB, João Campos, lidera as intenções de voto no Recife, com 26%. Em segundo lugar, vem Marília Arraes (PT), com 17%, seguida por Mendonça Filho (DEM), com 16% e Patrícia Domingos (Podemos), com 10%.

Os números apontam Marília Arraes e Mendonça Filho tecnicamente empatados no segundo lugar. O candidato do DEM também aparece tecnicamente empatado com Patrícia Domingos no limite da margem de erro, que é de três pontos percentuais para mais ou para menos. Esta é a última pesquisa antes do início da propaganda eleitoral gratuita, que começa nesta sexta-feira (9).
O levantamento foi encomendado pela TV Globo, em parceria com o jornal Folha de S.Paulo. O Datafolha ouviu 800 eleitores nos dias 5 e 6 de outubro. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral. O número de identificação no TRE-PE é PE-08999/2020.
A pesquisa desenha o cenário de disputa familiar entre os primos João Campos e Marília Arraes pela prefeitura do Recife. Filho de Eduardo Campos, João conta com maior tempo de televisão no guia eleitoral e mais partidos que o apoiam (são 11, ao todo). Já Marília, neta de Miguel Arraes, apesar de enfrentar resistência dentro do diretório estadual do PT, que defendia a aliança com o PSB, conta com a “benção” do ex-presidente Lula.
Confira abaixo os números da pesquisa Datafolha:
João Campos (PSB): 26%
Marília Arraes (PT): 17%
Mendonça Filho (DEM): 16%
Delegada Patrícia (Podemos): 10%
Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB): 2%
Coronel Feitosa (PSC): 1%
Carlos (PSL): 1%
Nenhum/branco/nulo: 21%
Não sabe/não respondeu: 5%
Claudia Ribeiro (PSTU), Charbel (Novo), Thiago Santos (UP) e Victor Assis (PCO) tiveram menos de 1% das intenções de voto.
Na pesquisa espontânea, na qual os nomes dos candidatos não são mostrados ao entrevistado, João Campos aparece com 9%, seguido por Marília Arraes, com 8%, Mendonça Filho, com 5%, e a Delegada Patrícia, 3%. Nesse cenário, 47% dos eleitores não souberam responder, e 18% escolheram o voto branco ou nulo.
Percentual de rejeição 
A pesquisa também perguntou aos eleitores em quem eles não votariam de jeito nenhum. Confira abaixo a rejeição dos candidatos:
Mendonça Filho (DEM): 32%
João Campos (PSB): 30%
Coronel Feitosa (PSC): 21%
Charbel (Novo): 18%
Carlos (PSL): 17%
Victor Assis (PCO): 17%
Thiago Santos (UP): 17%
Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB): 15%
Marília Arraes (PT): 15%
Delegada Patrícia (Podemos): 13%
Claudia Ribeiro (PSTU): 12%
Não votaria em nenhum: 9%
Poderia votar em todos: 2%

Não sabe/não respondeu: 6%

FONTE: Diário de Pernambuco.

Sobre Wagner Oleiro

Radialista desde 93 trabalhou nas principais AMs e FMs do Recife. Começou na carreira logo cedo acompanhando seu pai Cláudio Monfrin que também é radialista (aposentado) nos programas que apresentava. Mas foi como sonoplasta que Wagner Oleiro começou sua carreira aos 16 anos de idade e foi com 19 anos que ele se profissionalisou como radialista na função de locutor, apresentador e animador. Em 2013 ele avança na comunicação indo trabalhar como repórter num canal de televisão no Mato Grosso. Atualmente Wagner Oleiro apresenta uma programação jornalistica nas manhãs da Rádio MAIS FM 104,7 e exerce a função de jornalista nesse portal.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Governo brasileiro vai usar vacina chinesa contra covid-19 no SUS

Uma vez aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a vacina contra a covid-19 do laboratório chinês Sinovac Biotech, ...

Pular para a barra de ferramentas