Home > Câmara dos Deputados derruba veto de Bolsonaro ao uso de máscaras

Câmara dos Deputados derruba veto de Bolsonaro ao uso de máscaras

A Câmara dos Deputados derrubou por 454 votos a 14 nesta quarta-feira (19) os vetos presidenciais ao uso obrigatório de máscaras em razão da pandemia do novo coronavírus e às medidas de proteção social e combate à Covid-19 nos territórios indígenas e quilombolas. O presidente havia vetado a obrigatoriedade do uso de máscaras em estabelecimentos comerciais e industriais, templos religiosos, estabelecimentos de ensino e demais locais fechados em que haja reunião de pessoas, o que os deputados derrubaram, mantendo a obrigatoriedade. A votação ocorreu em sessão do Congresso Nacional, e portanto os vetos ainda serão analisadas pelo Senado, em sessão…

Visão geral da revisão

Resumo: Texto ainda precisa ser analisado pelo Senado e mantém a obrigatoriedade das máscaras em escolas, comércios, igrejas e templos

A Câmara dos Deputados derrubou por 454 votos a 14 nesta quarta-feira (19) os vetos presidenciais ao uso obrigatório de máscaras em razão da pandemia do novo coronavírus e às medidas de proteção social e combate à Covid-19 nos territórios indígenas e quilombolas.

O presidente havia vetado a obrigatoriedade do uso de máscaras em estabelecimentos comerciais e industriais, templos religiosos, estabelecimentos de ensino e demais locais fechados em que haja reunião de pessoas, o que os deputados derrubaram, mantendo a obrigatoriedade.

A votação ocorreu em sessão do Congresso Nacional, e portanto os vetos ainda serão analisadas pelo Senado, em sessão em andamento desde ás 16 horas.

Os deputados são favoráveis à derrubada de partes do Veto 25, que tratam do uso de máscara em indústrias, lojas, templos, escolas e outros locais fechados e que determinam multa aos infratores, e a partes do Veto 27, entre elas as que determinam ao governo a oferta de água potável, medicamentos e atendimento médico em comunidades indígenas.

FONTE: R7

Sobre Wagner Oleiro

Radialista desde 93 trabalhou nas principais AMs e FMs do Recife. Começou na carreira logo cedo acompanhando seu pai Cláudio Monfrin que também é radialista (aposentado) nos programas que apresentava. Mas foi como sonoplasta que Wagner Oleiro começou sua carreira aos 16 anos de idade e foi com 19 anos que ele se profissionalisou como radialista na função de locutor, apresentador e animador. Em 2013 ele avança na comunicação indo trabalhar como repórter num canal de televisão no Mato Grosso. Atualmente Wagner Oleiro apresenta uma programação jornalistica nas manhãs da Rádio MAIS FM 104,7 e exerce a função de jornalista nesse portal.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Série B: Felipão estreia no Cruzeiro contra Operário-PR fora de casa

Quarto técnico a comandar o Cruzeiro nesta temporada, Felipe Scolari reestreia na Raposa na noite desta terça-feira (20), pela 17ª rodada ...

Pular para a barra de ferramentas